Logo sibi ufg
Capa de notícia live Bib. Digital: Hugo de Carvalho Ramos

Biblioteca Central promove evento para celebrar convênio entre UFG e UBE

Atualizada em 18/05/22 09:44.

O evento ocorrerá no dia 26 de maio, de maneira remota 

Evento: Live: "Hugo de Carvalho Ramos para o amanhã: Tropas e Boiadas e a Biblioteca do Futuro"

Local: Youtube UFG Oficial. Link de transmissão: https://www.youtube.com/watch?v=pD14vRd3qAI

Dia: 26/05/2022

Horário: 19 horas

Descrição: O escritor Adalberto de Queiroz da União Brasileira de Escritores (UBE)/Seção Goiás ministrará a palestra com o tema "Hugo de Carvalho Ramos para o amanhã: Tropas e Boiadas e a Biblioteca do Futuro", que contará com a mediação do escritor Ademir Luiz da Silva, presidente da UBE/Seção Goiás. Esse evento visa promover a literatura goiana, a Biblioteca Digital de Literatura Goiana da UFG e também celebra o convênio firmado entre a UFG e a UBE. 

 

Capa de notícia live Bib. Digital: Hugo de Carvalho Ramos

Mediador: Escritor Ademir Luiz da Silva – Presidente da União Brasileira de Escritores - Seção Goiás

Painelistas: Adalberto de Queiroz - Membro da União Brasileira de Escritores - Seção Goiás

Adalberto de Queiroz é jornalista e poeta. Foi criado como órfão num Abrigo em Anápolis, de onde saiu para cursar Física (UFG) e depois Comunicação Social na UFRGS. Fez pós-graduação em Marketing pela FGV/Rio e especialização em Estudos Medievais pela Universidade do Novo México. Em 1985, lançou seu primeiro livro individual - “Frágil Armação” (poemas, Ed. Barão de Itararé), com segunda edição em 2017 (Caminhos Editora), seguiram-se “Cadernos de Sizenando” (2ed. 2022), “Destino Palavra” (2016), “O rio incontornável” (2017) e “Os fios da escrita (ensaios literários)” de 2020. É autor do blog Leveza & Esperança, onde escreve sobre Literatura, Religião, Arte e Viagens. Atualmente, é coordenador do projeto “Biblioteca do Futuro”, projeto da UBE/GO, executado com recursos da Lei Aldir Blanc/Secult/GO e cujo destaque inicial, são as obras de Hugo de Carvalho Ramos, Manuel L. de Carvalho Ramos, Victor de Carvalho Ramos; além dos poetas Leodegária de Jesus e Ygino Rodrigues; Miguel Jorge e Gilberto Mendonça Teles, entre outros. É Diretor da União Brasileira de Escritores (UBE)/Seção Goiás e da Academia Goiana de Letras (AGL), onde ocupa a cadeira nr. 32, desde abril de 2019, na vaga de José Mendonça Teles (1936-2018).

Mediador: Ademir Luiz da Silva

Presidente da União Brasileira de Escritores de Goiás. Doutor em História pela UFG e professor da UEG. Docente do programa de pós-graduação interdisciplinar Territórios e Expressões Culturais no Cerrado (TECCER), e nos cursos de História e Arquitetura & Urbanismo. Realizou pós-doutorado em Poéticas Visuais e Processos de Criação. Bolsista pesquisador do Instituto Camões de Portugal (2002). Criador e coordenador do LUPPA (Laboratório de Pesquisa e Produção Audiovisual). Editor do periódico acadêmico Revista "Nós - Cultura, Estética & Linguagens". Participou da equipe de criação da Editora da UEG. Indicado ao Prêmio Capes de Teses 2009. Vencedor do Prêmio Cora Coralina de 2002 e do Prêmio Hugo de Carvalho Ramos 2014. Recebeu o Troféu Goyazes em 2013 e as comendas Medalha do Mérito Cultural em 2015 e Medalha do Mérito Anhanguera em 2019, concedidas pelo Governo do Estado de Goiás. Ainda em 2019 recebeu o Diploma de Honra ao Mérito da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás. Em 2020 tornou-se membro honorário do Gabinete Literário Goyano, instituição fundada em 1864.

Realização: Sibi/PRPG/UFG

Apoios/Parcerias: Faculdade de Letras da UFG e União Brasileira de Escritores

Gestão de telas: Luciano Pereira Negry de Pina

(Apoio) Rose Mendes

Gestão de chat: (Streamyard) Cláudia Oliveira de Moura Bueno

(Youtube) Rose Mendes

Gestão do Canal UFG Oficial:

Pablo Lisboa (Coordenador Reitoria Digital UFG)
Wesley Melo B de Menezes (Gerente de lives do Youtube UFG Oficial)

Informe: As manifestações expressas por convidados que participam dos eventos e transmissões online no canal UFG Oficial representam, exclusivamente, as opiniões dos seus autores e não, necessariamente, a posição institucional da UFG.

Fonte: Sibi/UFG

Categorias: NOTÍCIA